Nenhum resultado encontrado. Redefina os filtros
Rodobens tem Rimini Street como Parceira para Economizar Custos de TI e Investir em Inovação
Vídeo
Rodobens tem Rimini Street como Parceira para Economizar Custos de TI e Investir em Inovação

Marcos Adam, CIO da Rodobens, conta como a mudança de suporte SAP para a Rimini Street trouxe maior eficiência para sua TI e permitiu liberar orçamento para investimento em novas tecnologias

Clientes Rimini Respondem como é possível reduzir custos aumentando nível de serviço?
Vídeo
Clientes Rimini Respondem como é possível reduzir custos aumentando nível de serviço?

Marcos Adam, CIO da Rodobens que é um grupo empresarial brasileiro dos setores automotivo, financeiro e imobiliário, estando entre os 100 maiores grupos empresariais do país e Alexandre Baulé - CIO da EMBRAER que é hoje uma das maiores empresas aeroespaciais do mundo, RESPONDEM como é possível reduzir custos aumentando o nível do serviço.

EFD ReInf: Mais do que uma obrigatoriedade Fiscal. <br>Você está pronto ?
Vídeo
EFD ReInf: Mais do que uma obrigatoriedade Fiscal.
Você está pronto ?

Jorge Campos (Socio-Diretor do Sped Brasil) e Rimini Street falam sobre EFD ReInf: Mais do que uma Obrigatoriedade Fiscal. Um dos conteúdos mais completos e explicativos sobre EFD REINF do mercado, agora está disponível para você.

Relatório CIO-CPO ProcureCon 2018
Pesquisa e Análise
Relatório CIO-CPO ProcureCon 2018

Uma pesquisa recente conduzida pela ProcureCon descobriu que “o status da colaboração entre CIO e CPO continua a evoluir em reação à crescente pressão externa” e que “as condições de negócios de hoje demandam uma aliança estratégica entre os dois.” A teoria é mais fácil do que a prática, especialmente porque os stakeholders da área de TI relutam em inspecionar fontes de gastos que não sofrem mudanças há anos. Uma dessas fontes é o suporte do fabricante de software. Em nossa experiência, a maioria das equipes de TI admite que o custo-benefício do suporte do fabricante de software é péssimo, especialmente em relação ao suporte a sistemas de ERP, mas não consegue enxergar outras opções. É responsabilidade do CPO e de suas equipes fazer as perguntas difíceis: Vamos renovar os contratos de manutenção de software dos fabricantes de ERP, mesmo recebendo um suporte abaixo da expectativa e atualizações de baixo valor agregado? Estamos pagando uma taxa anual aos fabricantes sem entender o custo total do suporte e manutenção do software? O nosso orçamento de suporte a software está consumindo fundos que poderiam ser aplicados em áreas mais estratégicas? Estamos tomando decisões baseadas no medo de possíveis reações ou consequências adversas por parte do fabricante? Se você respondeu “sim” a qualquer uma dessas perguntas, descubra como o líder de sourcing de TI e software da GE Aashish Talwar, e o chefe de aquisições indiretas da Ace Hardware, Fraz Baig, criaram alianças estratégicas entre o CPO e a TI ao fazer perguntas que podem ajudar a liberar fundos para impulsionar seus roadmaps de ERP orientados aos negócios.