Search Icon

Biblioteca de Recursos

Nenhum resultado encontrado. Redefina os filtros
Segundo a Nucleus Research: “Nove em cada dez clientes da SAP não demonstraram interesse em migrar para o S/4HANA”
Pesquisa e Análise
Segundo a Nucleus Research: “Nove em cada dez clientes da SAP não demonstraram interesse em migrar para o S/4HANA”

A exemplo de estudos recentes que destacam o baixo índice de adoção do S/4HANA, o trabalho independente da Nucleus Research conclui que 9 em cada 10 clientes do SAP ERP não expressaram interesse em mudar para o S/4HANA. O resultado reflete pesquisas recentes do Americas SAP User Group (ASUG) e do German SAP User Group (DSAG)1,2. Na verdade, 86% dos usuários entrevistados pelo DSAG disseram que estão fazendo pouco ou nenhum investimento no S/4 HANA3. De acordo com o estudo da Nucleus Research, a maioria dos clientes não considera o roadmap da SAP atraente o suficiente para considerar um investimento futuro e teme uma transição complexa e dolorosa caso as implementações SAP ERP atuais sejam abandonadas. Em vez de passar por uma migração disruptiva e arriscada, descobrimos que muitos clientes SAP preferem uma estratégia mais inteligente de “inovação além dos limites”. Como afirmado no estudo da Nucleus, as empresas escolhem as melhores soluções disponíveis que oferecem um maior grau de funcionalidade ou usabilidade de outros fabricantes. Por exemplo, nas últimas 80 transações de CRM que a Nucleus avaliou, somente duas empresas consideraram a SAP como opção. Considerando a desconexão entre as mensagens de marketing da SAP e a realidade do cliente, leia este relatório para entender por que a estratégia da SAP de migrar os clientes de ERP atuais para o S/4HANA pode não ser tão simples assim. 1 http://diginomica.com/2015/10/02/dsag-users-want-a-new-deal-with-sap-uses-s4-hana-survey-to-telegraph-intent/ 2 http://diginomica.com/2016/06/02/two-major-sap-user-groups-take-landmark-position-on-digital-transformation-an-inside-look/ 3 https://www.dsag.de/sites/default/files/dsag-investment_survey_priorities.png

Oportunidades de Redução Imediata de Custos com TI
Webinar
Oportunidades de Redução Imediata de Custos com TI

Assista a este Webinar, que foi realizado pelo IBEF-SP (Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças de São Paulo) em conjunto com a Rimini Street, onde foram debatidos aspectos relacionados à redução de custos de tecnologia em um cenário extremamente desafiador. O tema foi discutido em um painel com Wagner Brilhante – CEO da Bombril, Thierry Soret – CFO da Usina Coruripe e Fábio Quintão – Diretor Sênior da Alvarez & Marsal, com a moderação de Edenize Maron – CEO da Rimini Street. E ao final Mauricio Molan (ex-economista-chefe do Santander) trouxe o cenário e as perspectivas financeiras.

Gentileza e eficiência é marca da Rimini Street
Vídeo
Gentileza e eficiência é marca da Rimini Street

Em uma declaração espontânea durante o Brazil Annual Client Meeting, Maria Augusta, CFO da Continental Parafusos fala sobre o processo de mudança para a Rimini Street e como foi surpreendida com o nível de senioridade, eficiência e agilidade da nossa equipe de engenheiros em relação ao antigo fabricante.

Rodobens tem Rimini Street como Parceira para Economizar Custos de TI e Investir em Inovação
Vídeo
Rodobens tem Rimini Street como Parceira para Economizar Custos de TI e Investir em Inovação

Marcos Adam, CIO da Rodobens, conta como a mudança de suporte SAP para a Rimini Street trouxe maior eficiência para sua TI e permitiu liberar orçamento para investimento em novas tecnologias

Clientes Rimini Respondem como é possível reduzir custos aumentando nível de serviço?
Vídeo
Clientes Rimini Respondem como é possível reduzir custos aumentando nível de serviço?

Marcos Adam, CIO da Rodobens que é um grupo empresarial brasileiro dos setores automotivo, financeiro e imobiliário, estando entre os 100 maiores grupos empresariais do país e Alexandre Baulé - CIO da EMBRAER que é hoje uma das maiores empresas aeroespaciais do mundo, RESPONDEM como é possível reduzir custos aumentando o nível do serviço.

EFD ReInf: Mais do que uma obrigatoriedade Fiscal. <br>Você está pronto ?
Vídeo
EFD ReInf: Mais do que uma obrigatoriedade Fiscal.
Você está pronto ?

Jorge Campos (Socio-Diretor do Sped Brasil) e Rimini Street falam sobre EFD ReInf: Mais do que uma Obrigatoriedade Fiscal. Um dos conteúdos mais completos e explicativos sobre EFD REINF do mercado, agora está disponível para você.

Relatório CIO-CPO ProcureCon 2018
Pesquisa e Análise
Relatório CIO-CPO ProcureCon 2018

Uma pesquisa recente conduzida pela ProcureCon descobriu que “o status da colaboração entre CIO e CPO continua a evoluir em reação à crescente pressão externa” e que “as condições de negócios de hoje demandam uma aliança estratégica entre os dois.” A teoria é mais fácil do que a prática, especialmente porque os stakeholders da área de TI relutam em inspecionar fontes de gastos que não sofrem mudanças há anos. Uma dessas fontes é o suporte do fabricante de software. Em nossa experiência, a maioria das equipes de TI admite que o custo-benefício do suporte do fabricante de software é péssimo, especialmente em relação ao suporte a sistemas de ERP, mas não consegue enxergar outras opções. É responsabilidade do CPO e de suas equipes fazer as perguntas difíceis: Vamos renovar os contratos de manutenção de software dos fabricantes de ERP, mesmo recebendo um suporte abaixo da expectativa e atualizações de baixo valor agregado? Estamos pagando uma taxa anual aos fabricantes sem entender o custo total do suporte e manutenção do software? O nosso orçamento de suporte a software está consumindo fundos que poderiam ser aplicados em áreas mais estratégicas? Estamos tomando decisões baseadas no medo de possíveis reações ou consequências adversas por parte do fabricante? Se você respondeu “sim” a qualquer uma dessas perguntas, descubra como o líder de sourcing de TI e software da GE Aashish Talwar, e o chefe de aquisições indiretas da Ace Hardware, Fraz Baig, criaram alianças estratégicas entre o CPO e a TI ao fazer perguntas que podem ajudar a liberar fundos para impulsionar seus roadmaps de ERP orientados aos negócios.

Este site foi construído usando padrões web modernos, que não são totalmente compatíveis com seu navegador. Considere atualizar seu navegador.

Atualize hoje